Vitória da Conquista empata dentro de casa contra o Bahia de Feira
Por Redação
18:49 | 16/02/2020

Por Marcos Paulo Ramos

Na tarde deste domingo (16), o Vitória da Conquista ficou no 0 a 0 contra o Bahia de Feira, em confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Baiano. A partida foi realizada no Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista e foi marcada por lances polêmicos de arbitragem. O Bode conseguiu criar boas chances de gol, mas a equipe conquistense não teve precisão nas finalizações e não saiu do empate.

(Foto: Blog do Sena)

O Vitória da Conquista entrou em campo com: Lupitinha (G); Roni, Felipe Silva, Rhamon Mexicano, Otávio; Fagner, Dinda, Natan (Caio Jambeiro), Carlinhos (Tatu); Danúbio e Rafinha (Nonato). Já a escalação do Bahia de Feira contou com: Alan (G); Hebert (Gabriel), Menezes, Paulo Paraíba, Capone; Diones, Jarbas, Escuro (João Mendes), Jonathan (Pelé); Leo Porto e Deon.

O Bode teve um bom volume de jogo no primeiro tempo. O Alviverde chegou com mais mobilidade ao ataque, mas a equipe comandada pelo técnico Elias Borges não conseguiu balançar as redes adversárias. Já o Tremendão adotou uma postura mais defensiva, principalmente quando o time não teve a bola. Ainda assim, o Bahia levou perigo em alguns lances de bola parada contra o time conquistense. O Alviverde segue com dificuldades na marcação por parte dos próprios defensores, e ofensivamente a equipe não caprichou nas finalizações.

O segundo tempo começou bem empolgante para o Vitória da Conquista. Em jogada promissora de Danúbio, o goleiro Alan, que fez um bom jogo, conseguiu realizar boa intervenção. O Bode continuou com a pressão minutos depois, mas novamente parou no ‘‘paredão’’ do Tremendão após lance do atacante Rafinha. O Alviverde ainda teve um gol mal anulado, em jogada que envolveu o meia Carlinhos o árbitro assistente marcou impedimento do jogador. Aos 22 minutos da etapa final, o arqueiro do Bahia de Feira fez outra grande defesa em finalização de Rafinha. Porém o time conquistense não conseguiu abrir o placar e a partida ficou no 0 a 0.

Após o final do jogo, o técnico do Vitória da Conquista ressaltou a entrega e o comprometimento que os jogadores tiveram, mas destacou também erros de arbitragem em alguns lances de gol contra o Tremendão e diante de outras equipes nesse Baianão. Os jogadores do Bode saíram de campo indignados entre si e houveram discussões dentro do vestiário da partida por conta de oportunidades desperdiçadas no confronto.

Na sexta rodada do Campeonato Baiano, o Vitória da Conquista vai até Ipiaú para enfrentar o Doce Mel, no Estádio Pedro Caetano, às 16 horas, no dia 1º de março. É na mesma data e horário que o Bahia de Feira recebe o Atlético de Alagoinhas, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

Receba todas as notícias no seu WhatsApp!
Cadastre-se e faça parte da lista de transmissão do Diário Esportivo!