#TBTdoDE: O dia em que um clube conquistense quase ficou com o título do Baianão
Por Igor Novaes
19:16 | 04/06/2020

Nossa primeira viagem no tempo é até 26 de abril de 2015. O estádio era o Lomanto Júnior que naquele domingo recebia 8.369 torcedores, grande maioria esperançosa por ver pela primeira vez um time da cidade numa final de Campeonato Baiano e o Vitória da Conquista tinha motivo para estar ali.

O time estava invicto naquele momento – 10 jogos, 5 vitórias e 5 empates, mas do outro lado havia um gigante, o Bahia, em busca de seu 46º título estadual enquanto o ECPP que naquele ano comemorava seu 10º ano de existência, só havia conquistado a Série B de 2006 e Copas Governador. Tarefa dura para o Alviverde.

Diego Aragão emocionado ao marcar o segundo gol da vitória do Bode por 3 a 0 no jogo de ida da final do Baianão 2015. (Foto: A Tarde)

Mas o Bode não se intimidou e depois de 1º tempo sem gols, Fausto fez valer a lei do ex e abriu o placar com 1 minuto do 2º tempo. Pouco mais de 20 minutos depois, Diego Aragão, xodó da torcida, marcou o segundo do ECPP e pouco tempo depois, aos 29 do 2º tempo, André Beleza fechou a vitória dos donos da casa.

Os torcedores atônitos pareciam não acreditar que o gigante Bahia estava sucumbindo no Lomantão, o primeiro título estadual estava muito perto. Bom, sabemos como a história terminou no domingo seguinte na Fonte Nova, mas pelo menos por uma semana, o Bode se sentiu campeão baiano de fato, muito pelo show dado não só no jogo de ida, mas em toda a campanha.

FICHA TÉCNICA:
Vitória da Conquista:

Viáfara; Adriano Apodi, Fernando Belém, Sílvio e Mateus Leoni; Fausto, Diego Aragão, Maicon e André Beleza; Tatu (Erivélton) e Carlinhos.
T – Evandro Guimarães.
Bahia:
Jean; Tony (Yuri), Thales, Titi e Bruno Paulista; Pittoni (Zé Roberto), Souza e Tiago Real; Maxi Biancucchi (Rômulo), Kieza e Leo Gamalho.
T – Sérgio Soares.
Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo.
Assistente 1: José Raimundo Dias da Hora.
Assistente 2: Jucimar dos Santos Dias.
4º Árbitro: Eziquiel Sousa Costa.
Público: 8.369 pessoas
Renda: R$ 315.925,00

CAMPANHA DO ECPP:
1ª Fase:

– Vitória da Conquista 2×0 Bahia
– Galícia 1×2 Vitória da Conquista
– Vitória da Conquista 1×1 Juazeirense
– Bahia de Feira 0x0 Vitória da Conquista
– Vitória da Conquista 2×1 Serrano
– Colo-Colo 0x1 Vitória da Conquista
Quartas de Final:
– Bahia de Feira 0x0 Vitória da Conquista
– Vitória da Conquista 2×2 Bahia de Feira
Semifinais:
– Vitória da Conquista 3×0 Colo-Colo
– Colo-Colo 1×1 Vitória da Conquista
Finais:
– Vitória da Conquista 3×0 Bahia
– Bahia 6×0 Vitória da Conquista

Receba todas as notícias no seu WhatsApp!
Cadastre-se e faça parte da lista de transmissão do Diário Esportivo!