Focado nas semifinais do Baianão, Ederlane Amorim comenta sobre interdições no Lomantão
Por Igor Novaes
0:45 | 14/03/2019

Com chances de se classificar para as semifinais do Campeonato Baiano, o presidente do Esporte Clube Primeiro Passo Vitória da Conquista (ECPP), Ederlane Amorim, expôs sua preocupação com as interdições do estádio Lomanto Júnior.

Os bloqueios ocorreram no dia 17 de fevereiro, quando, momentos antes da partida entre ECPP e Bahia, uma forte chuva atingiu a cidade conquistense. Decorrente disso, o setor de cadeiras e uma parte da arquibancada foram afetados, sendo necessário que o Corpo de Bombeiros Militar interditasse os locais.

“Existe a possibilidade de nos classificarmos para as semis. Então, precisamos que haja celeridade na liberação desses espaços interditados. Mas, faço questão de ressaltar que o importante é resolver tudo com cuidado, porque, a segurança e bem-estar das pessoas são prioridades”, pontuou.

Caso se classifique e fique em terceiro ou quarto lugar, é possível que o Vitória da Conquista precise jogar no Lomantão já na próxima quarta-feira (20).

Sendo assim, o presidente comentou sobre os prejuízos que essas interdições podem causar ao clube. “Perderemos não só financeiramente, mas também, o apoio da torcida em um momento tão importante. Se não for resolvido até a próxima semana, teremos que reduzir a quantidade de pessoas no estádio”.

Com 13 pontos, o ECPP é o atual 2º colocado do baianão. Seu próximo adversário será o Jacobina, onde se enfrentam neste domingo, no estádio José Rocha. “Vai ser um jogo bem disputado. Já estamos esperando uma partida pesada, mas estamos fazendo o possível para conseguirmos essa classificação”, garantiu Ederlane.

Receba todas as notícias no seu WhatsApp!
Cadastre-se e faça parte da lista de transmissão do Diário Esportivo!