Bola do Baianão 2020 será produzida pela Topper; conheça a nova bola
Por Guilherme Barbosa
16:51 | 10/12/2019

Por Guilherme Barbosa

Após anos sendo fabricada pela Penalty, a bola do Campeonato Baiano passará a ser produzida pela Topper. O contrato com a Penalty expira no fim deste ano. Após receber algumas propostas, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) optou por firmar compromisso com a Topper. A duração do vínculo não foi revelada. Além da bola, a Topper irá confeccionar os uniformes da arbitragem.

De acordo com o que o Diário Esportivo apurou, a FBF enviou aos clubes 12 bolas para serem utilizadas durante os treinamentos na pré-temporada, e a cada jogo o clube mandante receberá quatro bolas novas. 

“Samba” vai rolar pelos campos nos jogos do Baianão 2020 | Foto: Divulgação/FCF

A bola da vez – Batizada como “Samba”, a bola possui seis gomos e tem entre 68 e 70 cm de circunferência, com um variável de peso entre 410 e 440 gramas. De acordo com comunicado da Federação Catarinense de Futebol (o Campeonato Catarinense utilizará a mesma bola que o Baianão), a bola conta com Tecnologia Híbrida única (processo inovador que soma os benefícios de uma estrutura costurada a mão, com o processo Termofusion), a bola possui seis gomos, laminado de PU High Solid com textura, e o diferencial de um composto siliconado de alta resiliência, proporcionando a bola maior maciez e conforto.

A impermeabilidade também é um ponto alto, já que não permite a variação de peso em gramados molhados, com 0% de absorção de água. Estes diferenciais geram benefícios na precisão e velocidade de chutes de longa distância, chutes com efeito, e também maior aderência para que os goleiros possam segurar a “Samba” com mais facilidade.

O nome “Samba” foi sugerido pelos torcedores em votação nas redes sociais da marca, no ano de 2017, tendo como referência a combinação do futebol com o gênero musical bastante tradicional no Brasil.

Ficha Técnica:

Circunferência: 68-70 cm

Peso: 410 – 440 gramas

Modelo: 6 gomos

Tecnologia: Híbrida Velocity (Costurada internamente + Termofusionada Externa)

Material: PU High solid

Baianão 2020 – O Campeonato Baiano 2020 começa no dia 15 de janeiro e contará com 10 clubes: Bahia, Vitória, Jacuipense, Bahia de Feira, Juazeirense, Fluminense de Feira, Atlético de Alagoinhas, Jacobina, Vitória da Conquista e o estreante Doce Mel, campeão da Série B estadual nesta temporada.

A fórmula escolhida é a mesma utilizada no Baianão 2019. Os dez clubes ficarão no mesmo grupo, de número 1, na fase de classificação. Com pontos corridos, as equipes se enfrentarão no sistema de jogos apenas de ida, classificando-se para a semifinal as quatro primeiras colocadas.

Na semifinal, os quatro times classificados formarão dois novos grupos. No grupo 2 ficarão o 1º colocado e o 4º colocado da primeira fase. O grupo 3 terá o 2º e 3º colocados. Eles se enfrentarão dentro de cada grupo, em jogos de ida e volta. Os mandos de campo dos jogos de volta serão das equipes melhores colocadas na primeira fase. Havendo empate em número de pontos ganhos e saldo de gols, as vagas na final serão decididas nas cobranças de pênaltis.

Os dois vencedores da segunda fase fazem a disputa do título, também em jogos de ida e volta, com o segundo jogo na casa daquele de melhor campanha. O campeão, também havendo empate em pontos e saldo de gols após as duas partidas, será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Copa do Nordeste –Terá direito à primeira vaga para a Copa do Nordeste 2021 o clube campeão do Baianão 2020. A segunda vaga será do clube mais bem posicionado do estado no ranking nacional de clubes da CBF. Já a terceira vaga, para a Pré-Copa do Nordeste, será do clube que tiver a melhor colocação no Baianão, excluindo os clubes detentores da primeira e segunda vagas. Caso o campeão baiano não seja das Séries A ou B do Brasileirão, a vaga na Pré-Copa do Nordeste será do segundo clube mais bem posicionado do estado no ranking nacional de clubes da CBF.

Copa do Brasil –Terão direito às três vagas da Bahia na Copa do Brasil o campeão, vice-campeão e 3º colocado do Baianão 2020. O Esporte Clube Jacuipense apresentou proposta para que uma ou duas vagas fossem direcionadas para outra competição estadual a ser realizada no segundo semestre. Mas, todos os demais clubes rejeitaram a sugestão.

Série D do Brasileirão –Já para a Série D do Brasileirão 2021, duas vagas serão destinadas aos clubes melhores colocados, desde que não sejam integrantes de outras séries do Campeonato Brasileiro. A terceira vaga na Série D será destinada a uma competição a ser realizada no segundo semestre. Caso essa competição não seja viabilizada, esta última vaga será dada ao terceiro clube melhor colocado no Baianão 2020 que não seja integrante de outra série do Brasileirão.

O Vitória da Conquista disputará a Série D em 2020 em busca do acesso para a Série C 2021.

Confira os jogos da 1ª rodada:

20:30

V. da Conquista x Jacuipense

Vitória x Jacobina

Bahia de Feira x Doce Mel

Atlético x Fluminense

21:45

Juazeirense x Bahia 

Receba todas as notícias no seu WhatsApp!
Cadastre-se e faça parte da lista de transmissão do Diário Esportivo!